Imagem capa - Sermos Crianças por Nilda Brandao
Reflexões

Sermos Crianças

Nós, adultos, deveríamos reaprender a ver o mundo como as crianças.

Criança não se importa com o sentido estético. Ela vê as cores e formas e cria seus próprios padrões, simplesmente isso.

Criança não fala as coisas para agradar ninguém, nem julga, ela só sente e diz o que sente, critica o que ela não gosta, não para ofender ninguém, mas para mostrar que aquilo não a agrada.

Criança não sente necessidade de agradar ninguém, e se ela não gosta de alguém, ela demonstra isso e pronto. Mas criança não é fechada em padrões comportamentais, ela é aberta e aceita mudanças, aquela pessoa que ela não gosta, caso mude seu comportamento, ela passa a gostar, sem se preocupar com nada, sem julgamentos, se pré-conceitualizações.

Criança é livre de regras. Ela transforma uma tampa de panela num disco voador sem nenhuma preocupação com regras de aerodinâmica ou física quântica. E Panelas podem ser capacetes, carrinhos, naves espaciais, caminhões de mudança ou banheira.

Com crianças, as nuvens conseguem mudar de forma e são feitas, obviamente, de algodão flutuante.

Para crianças, arco-iris é pura mágica.

Criança é desapegada

Se ela toma uma bronca da mãe, aquilo passa.

Se ela leva um tombo na escada, aquilo passa.

Se outra criança a machuca numa brincadeira qualquer, aquilo passa.

Criança não guarda mágoas. Ela chora aquela dor, aquela perda, aquela frustração momentânea e segue adiante, pronta para recomeçar.

E criança tem um poder mágico incrível de deixar feliz toda pessoa que com ela tem contato.

A medida que ela cresce, vai impregnando sua alma das poluições da experiência de vida.

Vai conhecendo as artimanhas da mentira, da manipulação, descobre o medo, aprende que nem todo mundo é bom, nem bonito, nem alegre. Os adultos enchem as crianças de padrões de comportamento, estética, forma, certo, errado. E o coraçãozinho dela vai endurecendo, endurecendo... até chegar o dia que ela nem consegue sorrir mais, agarrada à idéia que existe certo e errado, feio e bonito, amador ou profissional.

A nuvem vira um bloco de gelo suspenso na camada atmosférica.

A tampa de panela serve exclusivamente para tampar a panela.

O arco-íris vira um fenômeno da física elementar.

E o mundo pode ser explicado através de uma equação matemática.

Precisamos reaprender urgentemente a ver a simplicidade das coisas.

Precisamos urgentemente esquecer os padrões, formas, equações...

Precisamos desesperadamente aprender a ser e fazer as pessoas felizes.

Precisamos olhar para dentro de nós mesmos e destrancar aquela portinha dentro de nós. Aquela portinha onde tudo era possível, simples e colorido.