Imagem capa - Sobre a Cinderela, o perdão e ser feliz para sempre por Nilda Brandao
Reflexões

Sobre a Cinderela, o perdão e ser feliz para sempre

No filme Cinderela, da Disney, a cena que eu mais gosto é quando o príncipe finalmente calça o sapatinho na moça maltrapilha e o sapatinho serve. Quando ele a está levando embora, ela vê a madrasta que foi tão má com ela, parada na escada.


Esse é daqueles momentos decisivos das histórias, que fazem a gente prender a respiração: O que ela vai dizer?


Ela tinha todo o direito de exigir uma reparação, afinal, as três – madrasta e meio irmãs – foram horríveis com ela. Ela poderia tranquilamente pedir ao noivo e rei que as prendesse, que as expulsasse, que as tornasse empregadas no castelo para servi-la. Ela estava no direito de fazer qualquer coisa mesquinha com as três. E ninguém iria achar que ela estava errada. Quem acompanhou a história inteira, até meio que esperava a vingança da moça maltratada.


Mas o que a Cinderela diz é:

- Eu te perdoo.


Três palavrinhas que fizeram a madrasta desabar na escada: se foi de alívio, de vergonha, de humilhação, não ficamos sabendo. Mas o quê ficamos sabendo é:


A Cinderela preferiu o perdão à vingança, ao ódio.


Ela preferiu deixar o passado lá dentro casa e seguir adiante, sem esse peso. Ela preferiu uma nova vida, sem levar junto o rancor, a mágoa, o sofrimento. Ela foi corajosa e bondosa, e seguiu sua vida.


De todas as versões da história da gata borralheira, essa é a que eu mais gosto, é um final bonito e – por que não? – Possível. É possível deixar o rancor para trás, é possível perdoar, é possível deixar para lá as coisas ruins e seguir a vida feliz, sem aquele peso nas costas.


É com esse sentimento que eu fotografo as Cinderelas no meu estúdio. A Cinderela que soube ser boa, que foi corajosa, que acreditava que, só porque alguma coisa sempre foi assim não significa que ela deveria ser assim para sempre.


A Cinderela que nos ensina a perdoar. E torço secretamente para todas as Cinderelas que saem felizes do meu estúdio após a sessão de fotos, levem esse sentimento guardadinho no coração delas, para no futuro não carregarem rancor e mágoa, mas saberem perdoar, seguir em frente e serem felizes para sempre.