Imagem capa - Minha história - Como eu passei de 200 seguidores para 8000 e conquistei uma clientela fiel e satisfeita. por Nilda Brandao
Fotografia

Minha história - Como eu passei de 200 seguidores para 8000 e conquistei uma clientela fiel e satisfeita.


Meu nome é Nilda Brandão, tenho um estúdio no Tatuapé em São Paulo, quero contar um pouco da minha história.


Eu sou formada em fotografia desde 2002, mas só comecei a trabalhar efetivamente com fotos em 2016, comecei fazendo ensaios em parques, ensaios sensuais na casa das clientes e aos poucos fui ganhando seguidores, nesse ponto, a ajuda dos amigos foi fundamental.


Com o tempo, eu comecei a ficar inquieta, parecia que eu não saía do lugar, dois anos haviam se passado e eu me sentia só mais uma no meio de milhares de perfis no facebook. Apesar do meu desejo enorme de viver de fotografia, estava ficando muito difícil.


Eu sonhava encontrar meu espaço na fotografia, fazer fotos que tivessem minha cara, sabe como é? E foi nessa fase que eu resolvi pensar seriamente sobre o rumo que eu queria tomar profissionalmente.


Para onde eu queria ir com minha fotografia? O que eu mais gostava de fotografar? Que nicho de mercado eu me encaixava?


E duas coisas ficaram muito claras para mim:


1- Eu adoro fotografar crianças


2- Eu adoro literatura de fantasia


Eu resolvi que estava na hora de juntar meus dois amores: livros e fotografia.


Foi então que resolvi que eu ia focar meu trabalho nas crianças

E que minha missão seria levar as crianças para o mundo do faz de conta.

Sabe aquela história de missão, visão e valores que aprendemos nas aulas de administração de empresas?


Pois bem, já tinha minha Missão

Levar as crianças ao mundo do faz de conta


A Visão:

Criar ambientes fantásticos, de fada, sereia, heróis, princesas, aventureiros e encontrar o público que se identificasse com minha visão.


Valores:

Fazer isso com integridade, com profundo respeito às crianças, nunca invadindo o espaço delas e nunca indo contra sua vontade.


E chegou 2018

Comecei a estudar:


Fui beber na fonte dos grandes nomes da manipulação fotográfica:

Adrian Sommeling

Rafy Alfazri

Vanessa Rivera


Fiz cursos, treinei e estudei por horas.


Juntei com mais duas amigas e alugamos um estúdio

Pedi as amigas que tinham filhas para me deixar fotografá-las e comecei meu portfólio


Logo percebi que tinha um público faminto por fotos diferentes

Minhas postagens começaram a ganhar visibilidade e eu não fiquei mais sem clientes, eu passei a ser procurada, ser lembrada, as mães me indicavam para as amigas e minha fotografia foi evoluindo.


Meu público no facebook começou a crescer, dos meus 200 iniciais passei a 1000, 2000, 6000, 8000, cada postagem que eu fazia tinha vários compartilhamentos, e eu fui ficando conhecida.


Foi então que eu comecei a receber mensagens de outros fotógrafos que queriam aprender a fazer fotos como as minhas, perguntando se eu dava curso. Eu já estava me sentindo meio culpada porque não tinha tempo para parar e elaborar um curso legal, com as coisas principais que eu tinha aprendido nesses 3 anos de tentativas, erros e acertos.


Então veio a pandemia que nos obrigou a botar os dois pés no freio e ficar em casa. Aconteceu que de repente o que eu mais tinha era tempo, e foi assim que eu consegui elaborar meu curso.


Fotografias lúdicas enchem os olhos! As crianças e as mães ficam encantadas quando recebem as fotos. A hora de fazer as fotos é outra diversão porque a criança pode fazer o que quiser, é um brincar de faz de conta!

- Faz de conta que um dinossauro está correndo atrás de você

- Faz de conta que você está pendurado numa teia de aranha

- Faz de conta que você está fugindo do baile

- Vamos cantar! Let it go! Let it go!....


E depois lá estão. As fotos mais incríveis, as mães mais satisfeitas, as crianças mais felizes.


Eu achei meu lugar na fotografia e estou muito feliz.


E meu curso está aí para aqueles que, como eu um dia fui, esteja querendo dar algum rumo na sua fotografia, se identifica com fotografias lúdicas e cheias de faz de conta, e queira fazer diferente.

Se esse for o seu caso, vamos conversar!



E se você leu até aqui, seja meu convidado para conhecer mais sobre o meu trabalho e o curso.